Mecânica do Terror

Enoja-me cada vez mais ver TV. Leio os jornais ou vejo na net as news. Porque ai posso seleccionar. E ler pormenores e justificações. E mesmo ai tenho de ser cuidadoso no que leio.

Quem vê as news parece que o mundo é um poço de perigo. Não se fala num evento, concerto, futebol, festa de fim de ano no Times Square sem que a segurança seja o tema fulcral. É certo que há por ai individuos das Trevas, mais espertos que os filhos da Luz. A começar, as preocupações obsessivas com segurança só os encitam a mais práticas terroristas.

Refiro que já assisti a cerca de 100 desafios de futebol em estádios. Salvo uma vez que fiquei no estádio da Luz a meio da claque NN do SLB nunca tive o minimo temor em relação a segurança. Mas conheço gente que se borra de medo de de lá ir.

Nos aeroportos é uma burocracia monumental. Ex, um voo LIS-FNC no outro dia. Faço check-in, como não tinha bagagem de porão não me perguntaram se tinha sido eu a arrumar etc. Tenho de mostrar o BI, depois passo controlo de segurança, mostro cartão de embarque. Depois passo a mala no Raio-X onde tive de mostrar o cartão de embarque OUTRA VEZ. Tive de tirar o cinto (e doutras vezes os sapatos porque as argolinhas dos atacadores apitaram). Mesmo assim fui revistado como um recluso. Ao embarque mostrar o BI. Ao entrar no avião, o talão do cartão de embarque. Que seca!! E com custos reflectidos no bilhete, claro!

Sabem que no voo da PanAm que explodiu em Lockerbie a mala foi metida com uma etiqueta falsa em Malta, com conluio de funcionários? E que foi um piloto que ajudou a desviar um avião da Air France na Argélia?

I)E que as bombas inicialmente eram com relógios de corda => quarentena de 24h da carga.

II)Bombas passaram a relógios digitais=> quarentena de 72h da carga.

III)Bombas passaram a ter barómetro para captar pressuraização da cabine => câmara hipobárica no terminal de bagagens para ver se explodem (e não existem câmaras destas muitas por ai).

IV)Bombas passaram a ter barómetro para captar pressurização da cabine MAIS temporizador.

Portanto, uma bombinha feita com 10 cts implica equipamentos de milhões de euros e funcionários para os operar. Quem paga? Adivinhem.


Todos sabemos do 11Set etc e que aviação é vulnerável etc. Mas num voo Lisboa-Funchal?

Outra coisa ridícula é o medo que os bebés apanhem doenças. Tudo é esterilizado etc, tornando os bebés e crianças nuns amaricados vulneráveis a qualquer tipo de germe ou vírus. O plano de ataque das vacinas é mesmo submeter o corpo humano a germes fracos para treino. Ai de muitos pais se se lembrassem disso.

Outra coisa lamentável é o medo da comida. Comemos tretas cheias de DDTs e aldrabices genéticas e aparece um gajo do outro lado do mundo com doença das Vacas,Porcos ou Galinhas (uma vez a cada) e morrem de medo de ir comer isso ao restaurante.

"Os barcos nos Portos são seguros, mas não é para isso que servem" (uma mente iluminada qualquer).

Parafraseio:
A vida sem riscos é segura, mas não é pra isso que a vida serve.

Comments

The Best Alltime Posts

Jacques Cousteau - Episódio Negro no Tejo

Sacadura Cabral...faz hoje 28 anos..

Abu Nidal em Portugal