Posts

Showing posts from July, 2004
França Portuguesa
Há muito em comum connosco mesmo assim. Sindicatos chorões, sempre a reclamar de tudo aquilo que possa lesar o trabalhador. Sempre a dizer mal dos jogadores e da seleções, mesmo quando ganham alguma coisa. Longe de alguem pensar que o Zidane e o Henry não são criticados por cá. Maus condutores, como já disse. O povo menos culto também coloca as esteiras de bolinhas nos carros, como os taxistas de Lisboa. Também ouvem música pimba (francesa), forram o volante do carro com coisas farfalhudas e metem guilhardetes de futebol no retrovisor. Aqui chama-lhes os "beauf",contração de "beau-frére" (cunhado), e com um significado como o nosso em relação á sogra. Alguem de quem não gostamos. Aqui também há uma "Lili Caneças". Neste caso é um, o Massimo Gargia, um italiano de nascença com mil plásticas efectuadas que organiza festas de jet-set. Parasita da "haute-societé", vive para a elegância e é uma das figuras mais caricatas da França. G…

França francesa

Indo a uma loja de revistas aqui em França, tipo Yellows, encontra-se a mesma variedade que em Portugal. Com uma diferença, está tudo em francês!!! Sem perder-se pitada de conteúdos. Existe depois um cantinho lá com a NewsWeek, o Bild e outros pra agradar aos turistas.

Na TV é tudo dobrado, o que se torna mau. Imaginem a voz do A Schwarzenegger em francês: "Je reviendrai"...arghhhh....No entanto fiquei impressionado com a qualidade da dobragem dos Simpsons. Arranjaram actores com vozes idênticas aos dos americanos. Nunca me tinha passado pela cabeça que eles nunca ouviram os recitais de direitos Miranda "You have the right to remain silent. Anything you say can and will be used...". Dizem até que a versão dobrada é juito mais breve.

Ainda se vê muita gente a jogar ao "Pelote Basque" em pequenos bocados de terra nos parques, mesmo ao lado do centro dos Festivais de Cannes, Antibes, e muitos outros sitios.

Os franceses são bastante agarrados á sua cultura,…

Côte D'Azur, zona decadente

Dizem aqui que até os policias fazem figura de estrela de cinema, vulgo bófia americana com óculos de sol espelhados, em cima da sua Harley Davidson. É a terra do faz-de-conta.

Cinquentonas vestidas com topzitos como se tivessem 17, a exibir os seus corpos rugosos na praia com poses de modelos, velhotes já sem grande uso do pente, a andar a 70km/h com os seus Porsches de 300cv.

Pelo caminho muitos carros carissimos comprados em leasing que são pagos apenas durante o verão para poder trazê-los para o show off na Croisette e em frente ao Casino de Monte Carlo, resgatados em Setembro pelos bancos (como os popós dos benzocas no Algarve).

Condutores franceses

A França apesar do seu desenvolvimento tecnológico, a julgar pela bomba nuclear, programa espacial, industria automóvel, Airbus,etc, continua a ser um pais apenas um pouco mais civilizado que os seus pares latinos. No Sul de França ninguem passa dos 150 na Autoestrada, não porque este não seja boa, não porque os carros sejam maus (ainda hoje vim atrás de um 911 turbo, há dias atrás de um Bentley, outro dia ultrapassado por um Ferrari e um Aston Martin de seguida) mas porque há (havia) tantos acidentes que a policia anda mesmo em cima. 40 Km/h acima do limite => carta presa 2 anos.

Aqui impera o sistema dos pontinhos, há 12, cada infração tira no minimo 2 ou 3, quando chegar a zero, carta presa. As novas cartas estão a vir com 6 pontos. Vai ser obrigatório o ter as luzes acesas 24h/24h nas vias rápidas e autoestradas (na Suecia é obrigatório em todo o lado). Mas os franceses são uns animais a conduzir. Passadeiras, o q é isso??? Ninguem pára, nem os peões se metem se houverem carros…

Considerações sobre a França

Capital mundial do bom gosto sem duvida, pela comida sempre agradável de comer e ver, pelos perfumes (recomendo uma visita a Grasse), pelos vinhos, pelo vestir, pelas mulheres elegantes em todas as idades,etc. Nada aqui é feito de excessos mas sim de pormenores subtis que estimulam o prazer mesmo que o atingido não consiga perceber porquê.

A sobressair os magnificos azeites com frutos lá dentro com vins aromatizantes. Muito deles ostentam a designação "extrait ao froid", ou seja a primeira extração do lagar. O cheiro é magnifico.
Os perfumes são excelentes. Grasse, onde se passa a ação do filme "o Perfume" era um cidade onde se curtia o cabedal. O cheiro era tão mau que se passou a perfumar a cidade artificalmente. Hoje em dia Grasse perfuma o mundo.

Os franceses são menos barulhentos e emotivos que os Italianos e Portugueses. O homem francês tipico não olha as mulheres na rua com olhos de comer, nem assobia quando as vê passar. Epitomizam os amantes frances…