Posts

Showing posts from July, 2005

Democracia no Uganda

O Uganda teve nos ultimos dias um acto democrático do mais puro possível. Organizou um referendo de modo que cidadãos seus tivessem o direito a uma decisão fulcral do país. Qual foi o tema? Qual foi? Decidir...se...podia haver mais do que um partido (actualmente apenas um, como a nossa União Nacional) no pais, tornando-se as eleições multipartidárias. Rest my case....

Cabeças de Trapos

São como é obvio os habitantes dos paises do Médio Oriente, em honra clara aos turbantes como o Kaffiye do defunto Yasser Arafat.

Esterotipam também os povos que oprimem a mulher, fazem atentados kamikazes terroristas, Ak-47 na mão e o Corão na Outra, vivem segundo o fundamentalismo religioso e não comem carne de porco nem bebem alcool. E que são maus prós israelitas.

Mas na realidade a maior parte não passa de gente pobre que vê o seu pais invadido por gente que os vem libertar sabe-se lá do quê depois de arrasarem metade do pais e bombardearem a sua casa por engano. Na escola aprendem as maravilhas do Al Corão mas em casa querem é descansar um pouco e comer qualquer coisa. Sonham com uma casinha melhor e quem sabe um popó. No caso do Irão, eram pobres e oprimidos, depois veio o libertador e ..ficaram na mesma a cultivar os campos para poderem sobreviver enquanto os lideres se (os) metiam em guerras e politiquices que eles nem percebem.

No caso dos palestinianos, são todos da OLP e FPLP…

Terrorismo em Londres II

A equipa de futebol Inter de Milão tinha planeado uma parte da sua pré-temporada na cidade londrina. Depois de saberem do pobre electricista brasuca abatido quando saltou os torniquetes para correr para metro, cancelaram a ida a Londres por "motivos de organização".

O Mayor de Londres veio criticá-los porque "cederam ao terrorismo".
Valha-me Deus, quem mencionou a palavra terrorismo foi o bife!!!!
Não seria mais util nem referir o facto, tal como os italianos.
Ou o objectivo é mesmo auto.vitimizar-se para ter propósito para algo mais em grande? Em Portugal, da Câmara da capital salta-se para a PR...será?

Xenofobia, conceito de 1º Mundo

O terrorismo é um conceito apenas para paises na mó-de-baixo. No caso dos outros é "fight for freedom" e tangas do tipo. Inversamente acontece no caso da Xenofobia. Nos paises ricos é um crime, E DEVE SER, nos restantes paises ninguem liga. Tiremos o caso dos Hutsis e Tutsis e a maior parte passa em branco ou é vista de modo condescendente, do género "eh pá aquilo lá é mesmo um terceiro mundo, morriam de fome na mesma". Mesmo no supracitado caso, o organizador que importou machados e usou das suas estações de rádio para explicar como matar mortalmente com os instrumentos passeia-se em liberdade por muitos paises europeus. Só interessa defesa dos direitos humanos quando são presos politicos, de modo a extrapular dividendos. Dai que tibetanos, muçulmanos mortos no Líbano, indios e curdos mortos em paises terceiro-mundistas não interessam. Somemos os 200 000 timorenses na invasão dos Indonésios ás ordens de Suharto e com aval da nação cujo hino acaba com "home of…

Nepotismo em Portugal

Estas eleições presidencias ainda distam meses mas já divertem. O elefante bochechudo volta ao ataque 20 anos depois de no seu primeiro mandato de PR ter sucedido ao Gen. "Ramalhe" Eanes. com 80 anos, seria dos presidentes mais velhos da história terem sido eleitos. Normalmente com essa idade são déspotas no poder há 30 ou 40 anos em regimes de ditaduras vitalicias. Corremos o risco de ter um presidente com um andarilho e um saco de soro nas visitas oficiais.

Que candidatos haveria mais do PS? Paulo Pedroso? Como se alguem acreditasse na inocência no caso Casa Pia, nem o PS como se viu na lista de Setubal. Ferro Rodrigues? É feio demais, parece um porco. Manuel Alegre? Deixem-no lá com os seus poemas. O filho Soares é um politico de vácuo, um zero na esteira do pai, paralelo português á dinastia de nepotismo Bush. O pai foi um politico de vácuo no período pós-revolução, como muitos mais, mas responsável pela estabilização do pais nos 10 anos seguintes.

Mas o seu tempo já era…

Terrorismo em Londres - 007s em acção

Londres foi alvo de atentados o metro e bus há duas semanas. Esta semana deflagrou mais uma bombita e no dia seguir a Scotland Yard eleminou um pobre brasuca que estava a ter um comportamento suspeito, vestido de forma suspeita. Ian Blair, chefe da Yard admitiu que a sua força tem ordem pra atirar a matar quando na presença de um suspeito terrorista. "James Bond - Ordem Para Matar". Isto é apenas o corolário da politica imperialista podre do sr Tonho Blair em conluio com o gang-Bush. Para que se saiba o papá já tem em construção um porta-aviões com o seu nome.O filhote, ainda estavam pessoas na paragem á espera do bus tornado descapotável, e já afirmava "a guerra contra o terror continua". O seu instrumentalizado na terra de Sua Majestada afirmava "Não atacaram apenas o UK, foi todo o mundo ocidental". Pareciam o Ayatollah Khomeini a falar com sua dialética podre e de valor argumental nulo e insultuoso a qualquer vertebrado. A França era capaz de ter dito…

Mais um Aeroporto em Lisboa?

Que acrescentar ao que se tem escrito? Sou a favor de um segundo aeroporto, sem dúvia. A Portela fica empatada nas horas de ponta, como entre as 08h00 e as 10h30m embora o resto do dia seja pacifico. No entanto tem duas pistas, a 03/21 e a 17/35 mas não são paralelas o que implica apenas uma em uso a cada instante. A 17/35 não tem sistema ILS e é mais curta que a 03/21. Aumentar ou construir pistas novas na Portela está fora que questão dadas as vias de comunicação (tunel do Grilo, 2ª circular) e a habitação envolvente.

Londres tem cinco aeroportos, Heathrow, Gatwick, City, Luton e Stansted. Manston é alternativa para carga e Bristol não é impossivel para passageiros a morar na parte Oeste da cidade londrina. Paris tem dois, Madrid tem um mas foi "esticado" e Barajas é um mundo. Idem para Frankfurt.

Lisboa não é uma capital europeia assim tão pequena. A grande Lisboa tem 3 milhões de habitantes, numero cerca de metade das grandes capitais e muito superior a cidades como Dublin…

A380 - O gigante dos céus

Desde que sou vivo assisti a entrada de vários modelos de aviões comerciais. O B.757 e B.767 sairam na minha idade pré-escolar e lembro-me de o meu pai me ter levado a ver um charter B.757 na Madeira algures em 84 ou 85. Idem para os A310, A320, B.777, A330 e A340, somando-se aos jactos regionais e upgrades a modelos já existentes como o B.737 e B.747.

Mas eis que chega o A380 e de repente o mundo ficou a olhar. Não conheço ninguém seja de que idade (vá lá tiremos a minha avó com quase 90 anos) e de que background cultural que não saiba desta novidade. Uns sabem que é o A380, com motores Rolls Royce Trent ou com Engine Alliance, outros sabem que é "aquele grande que saiu da Airbus". Mas todos ficaram interessados e maravilhados com aquela máquina tão grande e que descolou tão suavemente de Toulouse no passado mês de Abril.

A imprensa atira o B.787 em todos os artigos como se fosse uma revolução comparável. É certo que se trata de um grande avião com incorporações tecnológi…

Aviões melhores ou aeroportos melhores

Desde que o Aerospatiale/BAe Concorcorde encostou á box que voltamos á era subsónica da aviação comercial. Construir um avião supersónico com o aumento radical que o barril do petróleo tem vindo a ter é pecado. Talvez um biz jet mas um avião de grande porte está longe de atingir o mercado nos próximos 20 anos.

Mas muito do tempo perdido é nos terminais aeroportuários. Vejam o que se passou num voo LIS-FNC há dias, situação normal no entanto em quase todos os aeroportos. Chego ao terminal, fila para o check-in, onde é preciso ID. Fila pequena para o balcão de jornais da TAP. Passo a segurança para a zona de embarque (raramente tem fila, mas é preciso andar com o cartão embarque á mostra). Vou para o raio-x. Fila grande e após despejar os bolsos e colocar tudo na caixita no tapete, um regresso atrás após um bip. Vá lá que não tive de tirar sapatos nem cinto mas andei a fazer ginástica enquanto a menina da Prosegur passva o detector portatil, com algumas poses curiosas. Depois fila para …