Sunday, April 20, 2014

Aeronaves em que já voei: actualização Abril 2014


Aeronaves em que já voei, actualização de Abril 2014.
Novidades a Bold

Boeing

B.707-300 TAP
B.727-100 TAP
B.727-200 TAP
B.737-200 TAP
B.737-300 TAP, Virgin Express, Easyjet, sobelair, VASP, AA Royal Air maroc, GO
B.737-400 Virgin Express, SkyEurope, KLM, Centralwings, ...
B.737-500 LH
B.737-600 SAS

B.737-700 Easyjet, Jetlite,
B.737-800 Ryanair, KLM, Spicejet, ...
B.737-900 KLM
B.747-200 TAP
B.747-400 LH, BA
B.757-200 Eastern airlines, BA
B.757-300 Condor
B.767-300 ANA
B.777-200ER BA
B.777-200LR Quatar
B.777-300 ANA
B.777-300ER Quatar

Lockheed 

L-1011-500 TAP, MMZ

Airbus

A300-600 LH, Monarch
A318 AF
A319 Easyjet, Swiss, BA, etc
A320-100 AF
A320-200 AF, LH, windjet, BA, JetBlue,etc
A321-100 LH, AZ, kingfisher
A321-200 TAP, AF, AZ, Swiss, Air Macau
A310-300 TAP, S4
A330-200 TAP
A340-300 TAP, China Eastern
A340-600 LH
A380-800 Emirates

Avro

Avro RJ 100 - Swiss

ATR 

ATR-72, Air France, Alitalia, CCM

Bombardier

Bombardier CRJ 200 - AirNostrum
Bombardier CRJ 700 - LH
Bombardier Dash8-200 - SATA
Bombardier Dash8-400 - SATA

BAe

BAe ATP - Sata, LAR(hS748?)

Britten Norman 

Britten Norman Islander (operava em Coimbra)

Dornier

Dornier Do228 - Aerovip
Dornier Do228 - Sunair of Scandinavia (BA)


DeHavilland Canada

DeHavilland DHC-6 Twin Otter - TAP Regional, Malta Harbour (anfíbio)

Cessna

Cessna 152 - AeCP

Embraer

E135 – Air France
E140 – American Eagle
E145 PGA, LOT Embraer
E175 LOT Embraer
E195 AirEuropa

Fokker

Fokker 50 - Kish Airline, CityJet
Fokker 100 - PGA

Ilyushin 

Ilyushin 96-300 - Cubana

McDonnell Douglas

DC-10 Varig / Viasa / Biman Bangladesh
MD-11 Finnair
MD-82 Alitalia
MD-83 Spanair
MD-87 Iberia
MD-88 Iberia

SAAB 

Saab 340 Estonian Air
SAAB 2000 PGAExpress

Shorts 

Shorts 360 - Aerocondor T.A.

Yakovlev 

Yakovlev 42D - Cubana

Tour fotográfico a um Hawker Siddeley HS 121 Trident 3 - Parte 2

Cockpit (de 3 tripulantes, 2 pilotos +  flight engineer):

Cockpit: assento e instrumentos do flight engineer:


Fotografias do interior da cabine:





Rara configuração de cabine, com assentos virados para trás:


Galley:




WC:


 Safety cards:


Tour fotográfico a um Hawker Siddeley HS 121 Trident 3 - Parte 1

No Runway Visitor Park do Aeroporto de Manchester está um magnífico Hawker Siddeley HS 121 Trident, que pode ser visitado por todos.

O Trident foi o primeiro trireactor de passageiros da história e o primeiro avião comercial a fazer uma aterragem totalmente automática.

Por uma série de razões, mais políticas do que técnicas, passou ao lado do que poderia ter sido um sucesso estrondoso. Apenas 117 se fabricaram, sendo totalmente ultrapassado pelo 727.

Em exposição está o G-AWZK, Trident versão 3B que voou para a British European Airways Corporation (BEA), depois integrada na British Airways, em fusão com a BOAC.

Relativamente aos Trident 1 e 2, esta versão diferencia-se pelo aumento da fuselagem em mais 5 metros e capacidade para 180 passageiros, alguns em assentos virados para a traseira, raríssimo na aviação comercial.  O 3B é na realidade um quadrimotor, pois tem um pequeno Rolls-Royce RB.162 embutido na cauda, apenas com tubeira visível. Como os RR Spey não tinham mais margem de progressão, para poder assegurar a potência necessária sem mudar de motorização, adicionou-se esta 4ª fonte de propulsão.

Ficou para a história ao ser o avião que o líder comunista Chin,  Lin Biao, usou para a sua fuga, e no qual terá morrido após este se despenhar por - alegada - falta de combustível.

Fotografias do exterior:





Trem de nariz:


Trem principal direito:









A bossa atrás é o 4ª motor, RR RB-126




RR Spey:







Dreno:


Runway Visitor Park do Aeroporto de Manchester:
http://www.manchesterairport.co.uk/manweb.nsf/Content/concordeviewingpark

Aeroporto de Manchester - piquenique a ver aviões no Runway Visitor Park

Junto ao Aeroporto de Manchester há um sítio onde se pode literalmente fazer um piquenique a ver aviões.
Após os terminais e hangares de manutenção existe o Runway Visitor Park, espaço para entusiastas de aviação onde podem estacionar o carro e gozar a vista dos aviões.

Site oficial:
http://www.manchesterairport.co.uk/manweb.nsf/Content/concordeviewingpark

Jet2 733

 Emirates A380

Etihad A330

Egyptair 738

Existem mesas de piquenique das quais se pode ver aviões a passar na taxiway rumo à pista para descolar.

No parque estão, visitáveis, um BAe Nimrod e um HS Trident 3 da BE,...



 ...o cockpit de um DC-10 da Monarch,...


... e um protótipo do AVRO RJX 100.


Dentro de um hangar um Concorde, o G-BOAC ex-BA, visitável mediante compra de bilhete, e disponível para casamentos e eventos sob marcação.



O parque de estacionamento custa 3 libras à hora, e vale todos os 300 pence. O aroma a Jet A1 está sempre presente.

Hifly check-in at Birmingham airport

Curious Hifly check-in at Birmingham airport on April 13th. Hifly only does ACMI/Weatlease flights and it normally the client company visible to the passengers. It seems A340-313 CS-TQM (painted all white) did a flight on that day to Hannover.


Video of the T/O:

Thursday, April 10, 2014

História da Aviação na Madeira: Primeiro primeiro wide body a cá vir

O primeiro wide body a ir a FNC, foi um 767-200 da Braathens S.A.F.E., em 1986, após conclusão da extensão a pista em 200 metros.

A Braathens operou 2 Boeing 762 entre 84 e 86.
- LN-SUV reg. 23-3-84 and cld 30-9-85 name Harald Hårfagre
- LN-SUW reg3-10-84 and cld 1-9-86 name Olav den Hellige

É 100% certo que foi LN-SUW agora a voar como cargueiro (N655GT) na Atlas Air com cores DHL.

Nesta foto está em Creta, embora o cenário fosse muito parecido se a foto tivesse sido tirada em FNC.


Ia Las Palmas (LPA) aos fins de semana, deve ser de lá que vinha a FNC, embora um noruguês se lembre que voou directo de FNC para a Noruega, com escala técnica em Paris-CDG.
Há um postal da ANA (devo ter em casa...) que o mostra em LIS, já na TWA como N651TW (97/2000).

Não há memória de 767s em FNC até 1990. Tenho a certeza de ter ido dentro de um em 1990, já estaria bom tempo, logo Abril em frente diria. Era sem qualquer sombra de dúvida um 767, tinha 2 corredores.
Não consigo precisar que companhia era, seria da Britannia? Tenho a ideia que era do UK. Talvez Condor...

História da Aviação na Madeira: Primeiro voo de uma companhia estrangeira

O primeiro voo de uma companhia estrangeira para FNC ocorreu 2 ou 3 dias após a inauguração.

Foi pela Suíça Globe Air, com um Handley Page Herald HPR. 7.



É o HB-AAH ou o HB-AAK.

Eventos pouco conhecidos da aviação. ATR42 da Aerocondor

Incidente com ATR42 da Aerocondor muito falado na altura nos media franceses, relatado no polémico livro "Transport aérien : le dossier noir", de François Nénin e Henri Marnet-Cornus.






Blog do Autor:
http://henrimarnetcornus.20minutes-blogs.fr/

Livro na Amazon:
http://www.amazon.fr/Transport-a%C3%A9rien-dossier-Fran%C3%A7ois-N%C3%A9nin/dp/2350760170

Eventos pouco conhecidos da aviação. Luzair L1011

Incidente com a Luzair relatado no polémico livro "Transport aérien : le dossier noir", de François Nénin e Henri Marnet-Cornus.


Terá sido antes de 2004, operando para a Corsair francesa.

Blog do Autor:
http://henrimarnetcornus.20minutes-blogs.fr/

Livro na Amazon:
http://www.amazon.fr/Transport-a%C3%A9rien-dossier-Fran%C3%A7ois-N%C3%A9nin/dp/2350760170



Avistamentos da TAP lá fora A340 em São Paulo

A340 da TAP em Guarulhos (1995).



(foto: José Luís Reis de Freitas)

Flight Report: Estreia no Bombardier Dash-8 Q400 num Ponta Delgada - Santa Maria

Em Dezembro de 2012 tive a oportunidade de viajar no Bombardier Dash-8 Q400 a convite do GR da R.A. Açores.

Fiz Ponta Delgada (PDL) - Santa Maria (SMA), regressando a PDL.
Cerca de 30 minutos de voo.


Ambas as pernas foram feitas no CS-TRD, fabricado para a SATA
Magnífico avião, silencioso e cabine agradável. Devido a ser turboprop chegámos a fazer marcha atrás em PDL.

Dados:

  • De Havilland Canada DHC-8-402Q Dash 8
  • Construction Number (MSN):4291
  • Date of Manufacture: 02-12-2009
  • Powerplant: 2x PWC PW150A
  • Delivered: 02-02-2010







 O célebre café Restaurante Concorde na gare de Santa Maria.

Outros pormenores da zona de embarque


Regresso a São Miguel








.