Posts

Showing posts from June, 2007

Muitos cozinheiros...

Image
Fiz 3 FNC-LIS depois da segurança em FNC passar para a Securitas.
2 x 2a feira de manhã ás 0h750 (uma delas ontem)
1 x domingo depois do almoço

Em todas estavam 8 securitas + 1 PSP numa posição de raio-X.

Existindo 2 postos de raio-X porque raio só se abre um e se mete lá 8 funcionários???

Quem inventou Balcões Comuns na Portela?

Image
Olhando para a foto de baixo se vê que algo de mau se passa ali.

O problema não é falta de funcionários nem de balcões.

É o arranjo de Balcões Comuns, ou seja 10 balcões (tipicamente 64 a 74) de check-in todos alocados a uma série de voos (uns 10 normalmente).

Nas fotos podemos ver 8 voos no espaço de 1h45 e mais um pouco depois.


10 voos para dez balcões deveria dar 1 voo por balcão caso n se pudesse utilizar balcões mais livres para vazar voos com mais pax.

A ideia em si não é má paar gerar mais rapidez num voo em particular, mas acontece exacamente o contrário.

Acontece é que são um monte de voos a sair QUASE á mesma hora e uma pessoa pode estar a meio da fila com o voo a fechar e tem ou de passar á frente dos
outros ou esperar que a chamem.

Claro que o pax esperto e já habituado a este esquema já sabe, mas o que nunca viu aquilo vê-se á rasca. Devia estar tudo ok se o pax estiver atento ao TT que chama "Passageiros para o voo X". Num mundo idela isto funcionava sempre mas há:
- T…

NBA Estrelas cadentes e ascendentes

Já há uns tempos que não escreveia nada sobre a NBA aqui vai, após finda mais uma época.

Algumas novidades interessantes aconteceram esta época.

Lebron James (LBJ como o sucessor de JFK) mostrou algo que calou muita gente. É nojento ver como a NBA o quer sempre fazer de cash-cow e o promove como um vendedor de enciclopédias. Nas jogadas da semana e do dia é sempre LBJ isto, LBJ aquilo. Deprimente ver como funciona com o adepto mais jovem que desconhece o método.

O garnde problema da NBA é que LBJ joga na equipa de Cleveland, uma cidade desinteressante e um mercado minusculo comparado com LA, Chicago ou Detroit. Como imagino que os Cavs não vão abdicar dele vai o marketing da NBA ficar estrangulado anos e anos. Que seria se Kareem tivesse continuado nos Milwaukee Bucks?

LBJ parece ser jogador com capacidade e vontade mas não é o animal desportivo que era o Michael Jordan, Bird ou Magic naquela idade (nem tem de ser equiparado a essa fasquia). Comparam que os Bulls de MJ só foram campeões á…

Classes de Passageiros - Equipa da Bola

Uma das mais pitorescas classes de passageiros na aviação é a "equipa de futebol" (futebol, não basket, nem volley).

Caso mais crasso é equipa de IIIa divisão que foi perder 3-0 na Madeira e que regressa a Lisboa para apanhar um autocarro até á parvónia, 150 km para sul ou norte de Lisboa.

Usam todos fato de treino do clube com patrocinio de uma loja de ferragens local, cabelo cheio de gel e há sempre 2 ou 3 artistas com barbichas á Quaresma. Fazem o check-in todos juntos porque senão iam parar sabe-se lá aonde.

Um seccionista trata de checkar um saco com bolas e caixas térmicas de águas.

Os dirigentes são sempre gordos e de bigodinho e desmarcam-se da equipa para ir beber mais uma vinhaça ou uisque no bar.

Os jogadores, sempre com muita malta jovem, andam sozinhos pela gare.

Têm sempre a pose de serem um estrela do Real Madrida e nem conseguem andar direito de tanta peneira e show-off. As conversas costumam ser bastante básicas mesmo, como numa oficina bate-chapa

Ao chegarem a bo…

Para Finalizar sobre a China

Na China é quase impossível encontrar Bombas de gasolina, especialmente dentro das cidades. As que existem são todas da SINOPEC, a petrolífera estatal. Em Macau já vimos uma da Shell. Li num jornal local que a SINOPEC encontrou no Norte um jazigo de petróleo com a dimensão de 3 anos de produção do 8º produtor mundial, a Nigéria. Foram portanto 1500 milhões de barris descobertos. Mas portagens há, e com um sistema de "ViaVerde".

Impera ainda o show-off típico do nouveau-riche. Cada empresa ou banco tem de ter um prédio maior que o do vizinho e com um lobby mais luxuoso. Em Shanghai é só neons enormes a passar filmes até em fachadas de grandes edificios, porém ás 22h os neons são apagados porque haveria falta de energia. Os carros de ricos são pretos com vidros fumados (mas não o da frente), á moda dos gangsters.

Political-wash da Monarquia, Mao e Partido Comunista

Comprei na China uma auto-biografia do ultimo imperador Aisin Gioro "Henry" Pu Yi, da dinastia Quing (lid…

A China como País

Sociedade
A China é um País de grande desigualdade. Vê-se tanto passar um audi A6 com vidros fumados como um chinês de bicicleta. Arranha céus ao lado de barracas (pobres por dentro mesmo).
Os horários de trabalho são complemente apadronizados, as ruas estão cheias de gente seja as 6 horas da manhã, 10, 12, 16, 18, 22 ou meia noite. Estão sempre a andar de um lado para outro e sempre a comer nas suas tascas.

Cuspir na rua continua a ser um hábito comum, e os taxistas muitas vezes puxavam um escarro bem de dentro que expeliam pela janela fora. Gente a não respeitar filas foi vista e atirar lixo para o chão também.

A nível de civismo muito tem de mudar. Apesar de não acelerarem muito, não há qualquer respeito pelas normas de trânsito na China Continental. Em especial em Shanghai, as passadeiras são um elemento decorativo e os semáforo uma árvore de natal. É tudo a se enfiar ao mesmo tempo, carros, autocarros, bicicletas, motas e peões. Nem mesmo com um sinaleiro no sítio alguém liga alguma.

Religião na China

A religião professada aqui e um misto de budismo-taoismo-confucianismo, havendo no entanto uma forte quantidade de muçulmanos (que nao vimos) e alguma comunidade crista (existe uma Catedral católica em Pequim ate).

Quem acha Fátima uma exploração económica devia ver o Templo do Buda de Jade em Pequim. De manha e uma fila de gente a pagar 10 yuans para entrar. Eram cerca das 8 da manha e éramos os únicos 2 ocidentais.

La dentro um vasto numero de templos (capelitas diria) com estátuas e imagens de buda e outras figuras religiosas com altares para ofertas.

As ofertas variam imenso, desde incenso nuns pauzinhos vermelhos, a umas folhas de papel vermelho com coisas que escreviam (imagino promessas ou orações) a uns bocados de papel dourado dobrado (tipo origami) que queimavam nuns caldeirões no exterior. Tinham também umas velas que compravam e acendiam.

De notas que todos estes objectos eram comprados no local, numas lojas em numero bem superior ao de templos. Na parte a descoberto viam-se pe…

Como lidar com os taxistas

Sao muito diferentes dos europeus. O sistema de facturao orienta-os as pequenas viagens e servicos locais. Aldrabices a estrangeiros acontecem mas nos nao fomos em mais de 20 viagens, e podiam te-lo feito as vezes que lhes apetecesse, especialmente nas idas para aeroportos. De quase todos, inclusive Beijing, Shanghai, Hong Kong e Macau, se pode dizer: - nao falam nada senao a lingua deles e mesmo sabendo que a gente nao fala nada daquilo fartam-se de tentar falar connosco na sua lingua materna - nao percebem a nossa pronuncia mesmo de nomes internacionais como (Lisboa, Novotel, etc). Chega a ser frustrante ver que nem levando turistas as duzias sao capazes de decorar a pronuncia de uma ou outra palavra. Com a experiencia la vimos que Lisboa=Lix-bou, Marco Polo= makopolo. - o mais frustrante e mesmo nao saberem ler um mapa. Nem vale a pena mostrar mapas nem mesmo com os caracteres deles a acompanhar o alfabeto ocidental em nomes de ruas sitios. Eles nao sabem olhar para mapas, nem intepre…

o Povo Chines

Culturalmente o povo chines permanece no geral intocado.

Os chineses comuns sao um povo estranho, sem expressao, vaidade ou originalidade.

Na China Continental vestem-se todos igual:
- homem de calcas de tecido ou ganga e com camisa ou polo
- mulheres de vestido

As cores variam pouco e os modelos de roupa tambem. Os sapatos tambem nao sao muito variados, com os homens a usarem sapatos rasos ou moles, e as mulheres sandalias rasas (quando usam saltos parece que nao sabem andar).

No cabelo e chocante a falta de originalidade. As mulheres ou usam cabelo curto e solto ou comprido em rabo de cavalo. Os homens e sempre curto (e nunca rapado a maquinha) ou com risca ou solto e espigado. Todos o tem escuro, sem quaisquer madeixas ou coloracoes. As raras mulheres que o pintam tem apenas uma pequena coloracoa castanha em baixo. As mulheres raramente usam maquilhagem e tem uns habitos estranhos tipo colants debaixo de sandalias, com correntes de tornozelo, por dentro. Vimos gente com pijamas por dentro…

Hong Kong

Nao tem comparacao possivel com Macau, tem 6M de habitantes, 12 vezes a populcao de Macau. A zona de Hong Kong propriamente dita e um polo industrial e comercial, com total desordeamento de territorio, com inumeros predios altissimos, novos e velhos, todos uns em cima dos outros. Espacos verdes no meio sao inexistentes, tirando cumes de montanhas e colinas onde nao se conseguiu construir nada. O Pico Vitoria esta encoberto pelo nevoeiro, e ca em baixo estao 30 graus com humidade relativa de 78%. E impossivel andar na rua 50 metros sem ficarmos encharcados e desidratados. Ate choveu mas pouco resolveu, e a chuva e corrosiva devido a imensa poluicao. O movimento de navios nas zonas portuarias e incessante, com ferries, navios restaurante-casino, cargueiros e dragas sempre a andar para la e para ca. Tal como em Macau, nao se ve um unico iate a passar, sera pelo risco de pirataria nos mares da China? Se Macau ficou apenas ligeiramente tocado pela cultura portuguesa, que dizer de Hong Kong…

Macau

Matei a curiosidade de visitar a ultima das nossas ex-colonias. A TAP chegou a voar para o aeroporto internacional de Macau, mas apenas durante o ano apos o qual o aeroporto ficou concluido, por motivos economicos internos. Macau e uma autentica fantasia. O povo e todo 99% chines (a falar cantones e nao mandarim como em Shanghai e Beijing), mal se vislumbrando ocidentais que nao sejam turistas. O Portugues esta escrito para mal e para bem em todo o lado, nos nomes das lojas (qualquer tasca chinesa e um "estabelecimento de comidas Xun Tai Kon") , avisos publicos (como "estradas controladas por radar") e associacoes e entidades publicas ("Correios de Macau"). As pessoas vivem em coexistencia com a nossa cultura, bem patente no estilo colonial que perdura e conservado, com as nossas nomenclaturas das ruas (Av Dr Mario Soares, gen Ramalho Eanes, Pracas, largos, nomes de Igrejas), com a nossa arte e com as provas da nossa ex-administracao. No parque de Camoes es…

Carros em Shanghai

Image
Shanghai tem 17 milhões de habitantes, quase o dobro do nosso Pais.

Mas meia dúzia de modelos de carros dominam o panorama do parque automóvel. As marcas que vendem carros fazem-no com um modelo apenas com uma ou duas versões e monopolizam totalmente o mercado. A única adaptação ao Chinês e colocarem o nome da marca em caracteres deles e fabricarem cá os modelos.

O comum chinês não tem carro, mas sim mota o bicicleta, ou usa os transportes públicos.
So há carros do governo, de ricos (ou classe media bem alta), taxis e veículos de transporte e de serviços.

Os taxis sao todos VW Santana.

Os carros do governo sao todos VW passat (será por Volskwagen = carro do povo em alemão?) dos novos (3Volumes) , ou Audis A4 ou A6 (A8 e A3 nem ver).
Os carros de ricos são BMW, VW passat novos, Toyotas Camry, Honda sedans, uns Buick grandes e pouco mais.

Carros desportivos nao e cultura daqui. Vimos um porsche e pouco mais. O que conta e ser grande e ter vidros fumados, como uma limusine do Mao Zedong. Mas c…

Taxis em Shanghai

Ninguém fala inglês, nem ninguém percebe os caracteres ocidentais senão nos hotéis e restaurantes caros. Para ir de taxi para o hotel mostrámos um papel com nome e morada do Novotel e o taxista nada percebeu. Nem mesmo a palavra NOVOTEL lhe diz alguma coisa. Passámos a pedir em hotéis que nos escrevessem em caracteres ou levávamos cartões bilingues (melhor dizendo bi-escritas). Fomos ao Hooters de Shanghai (magrinhas em demasia) de taxi, e mostramos uma foto de um cartaz que tiramos com a camera digital. A maior surpresa esta para vir agora.


Os taxis em Shanghai sao TODOS Volskwagen Santana, uma variante do VW Passat de 3 volumes, que se via no fim dos anos 70 e inicio dos anos 80 na Europa. Aparentemente este modelo e de produção local e por acordo entre a câmara de Shanghai e a VW, ficou concessionado como modelo único de taxi (aqui as coisas são assim, monopólios autorizados do estado, imaginem-se os subornos). Os Santana (agora esta no mercado o 3000, 1.6L) custam 180 000 yuans (18…

Chegada a Shanghai

Descolamos de Munique num A340-600 da Lufthansa e 10h de depois aterrávamos no novo aeroporto Shanghai Pudong (PVG).
O aeroporto de Pudong esta em expansão, um terminal já em operação e 2 pistas tudo a receber aviões de longo curso de todo o lado. Mais um terminal e 3 pistas estão e avançar. O terminal de pax e novo, agradável e os SEF são normais, os tempos da china isolada do capitalismo estão mortos para sempre. Na recepção de malas existe um policia com cão em cada tapete, o animal a cheirar e o policia a recolher aquelas q ele identifica.

Claro q quem trouxer drogas foge logo. Tipicamente quem as trafica são os africanos dai que os chineses detestam os pretos apesar de morrerem de medo deles. Pudong fica na zona nova, a uns 40 km da cidade.

Para o centro e apanhar o MAGLEV comboio de levitação magnética da Siemens, tipo um alfa pendular em que o comboio fica suspenso acima dos carris por um campo magnético. Faz os 40km em 8 minutos!!! Chega aos 430 km/h que se podem acompanhar num e…