Posts

Showing posts from July, 2009

Santacruzenses em defesa da Pátria na Índia III

Image
Legado de Portugal permanecerespeitado

Portugal não reconheceu o retorno de Goa á nação Indiana, senão em 1974 após a revolução. O reatar de relações diplomáticas entre as duas nações deu-se apenas já em 1992, com uma visita oficial do P.R. Mário Soares.

Actualmente Goa permanece muito Portuguesa em termos de herança patrimonial, desde a construção habitacional religiosa e administrativa, ao comércio. Mantendo a toponímia de ruas, povoações, ribeiras fica uma sensação de estarmos ainda em território Português. A cidade mais populosa é a de Vasco da Gama, existe o Forte de Aguada, Hotel Fidalgo, tudo nome único sem tradução local. A Basílica do Bom Jesus, onde está o corpo de São Francisco Xavier fica junto à Catedral de Santa Catarina. A pronúncia desses nomes em hindi é qualquer coisa como “Bazílíka bum je”.

Túmulo de São Francisco Xavier

Em Panaji, a capital do estado, é onde se torna mais evidente a nossa presença. Muitas ruas com nomes Portugueses, Avenida Dom João de Castro, a zona d…

Santacruzenses em defesa da Pátria na Índia - II

Image
O prelúdio da Independência

Em 1947, após o desmembramento do Império Britânico causado pela Segunda Guerra Mundial, a Índia obtém a independência como nação. Lord Mountbatten, ultimo vice-rei e depois governador britânico da Índia independente, abandonou aquele território em 1948. No inicio do ano de 1948, já tinha ocorrido o assassinato de Ghandi, e era já Jawaharlal Nehru o Primeiro Ministro aquando do libertar de todos os laços de colonialismo. Ou quase, porque permaneciam três territórios pequenos ainda em mãos de impérios estrangeiros, Goa (estado propriamente dito) e Damão e Diu (enclaves no Estado do Gujarat). De notar que os problemas mais prementes da independência foram justamente com o Paquistão. Tanto Ghandi como os britânicos ambicionavam uma Índia Unida, mas Mohammed Ali Jinnah sucedeu a criar um Paquistão, na altura com um território a Ocidente (actual Paquistão com Islamabad como capital) e outro a Oriente (actual Bangladesh, a posteriori independente, em fruto de sece…

Santacruzenses em defesa da Pátria na Índia - I

Image
Em visita pela Índia tive a oportunidade de visitar Goa. Passando três dias em Mumbai antes, pude aperceber-me do País que visitava. O filme “Quem quer ser Bilionário” retrata bem a realidade daquela cidade, um povo alegre e que sonha, numa terra muito pequena para o albergar. Vive-se época de eleições, com vários partidos à bulha, e com o BJP previsto como quase certo de destronar o partido da Sónia Gandhi no poder. Atentados terroristas numerosos ocorrem (só no dia que chegámos foram 4), felizmente no lado oposto do País, na região de Assam.

Já tinha visitado uma outra ex-colónia Portuguesa, Macau, onde me desloquei com o principal intuito de apreciar o legado cultural e arquitectónico deixado por nós. Há muito, desde edifícios públicos, casas coloniais, nomes de ruas e lojas, escolas, táxis pretos e verdes, matrículas de carro, Banco Nacional Ultramarino, a Pataca, a Polícia e os CTT. Morreu a língua de Camões se é que se pode sequer afirmar que algum dia se tornou vernácula.

Laços h…

Mais uma aventura em bruxelas

Chegava tarde a Bruxelas, de modo que o metro estava fechado e decidi apanhar um taxi.

Chegando ao hotel Floris Louise, na recepção não tinham reserva para mim. Disse que um colega meu já tinha chegado e que a reserva era em nome dos dois. Já lhe tinha telefonado e estava até no quarto. Nem o nome dele aparecia na lista. Pego no tlm e telefono ao meu colega. Estava no hotel Floris, mas o AVENUE e não o LOUISE. Toca a apanhar um taxi, e 5 minutos estava na Rua de Stalingrad (que nome infeliz..).

Ai sim tinham-me reservado o quarto, o 104. Subo até o 1º andar, tento abrir a porta com cartão, e dá luz vermelha.

Volto lá abaixo e peço um novo cartão, o empregrado meio teimoso dá-me outro.
Este abriu a porta. o WC estava logo á direita. Observor uma bisnaga de Colgate em cima do lavatório. No chão objectos que não discerni no escuro.Ia ligar a luz, e oiço uns ruios. Estavam dois gajos na cama!!! Pernas com cara um ao outro. Estavam a acordar, fugi pela porta fora.

Volto a recepção e digo que o …

Manifesto da política Mundial - Situação

A sociedade humana tem evoluído imenso como um todo, especialmente no
século XXI. Começaram-se com as caçadas organizadas na pré-história, tribos
com liderança, impérios egípcios, romanos, bárbaros, organizações
religiosas, fóruns de trocas de ideias na Grécia, alianças diplomáticas
entre etnias diferentes. Colonialismo, declaração dos direitos do homem, ONU, NATO, OMC, UE, etc. Vários paradigmas e sistemas foram testados. Feudalismo, monarquias, absolutismo, comunismo, conselhos de aldeia, monarquias parlamentares, ditaduras, democracias etc.

Neste momento, temos como base do mundo moderno a democracia.A base é haver uma constituição, eleições regulares para todos os órgãos, liberdade de partidos, separação dos 3 podres (executivo, justiça e militar) e votos a todo os cidadãos maiores de idade. Porém algo se perdeu. Todos os países têm participantes políticos de primeira linha que estão formatados em ideias, actos, discursos e popularidade.

Partido de direita: conservador, anti-aborto, lib…

Sexo Indeterminado em Barajas

Image
Há dias fui a Barajas na Vueling. No embarque em Lisboa vejo que tinhamos 2 pax muçulmanos.Um homem, com uma fatiota típica e um outro ser humando com véu. O Homem tinha um chapeu achatado cilindrico, um colete e umas calças curtas. A sua barba, compridissima, mas a começar apenas debaixo do queixo, era indicativa.

O sexo do ser humano com veu não é identificável. Tinha uma veste preta larga da cabeça aos pés. Vislumbrava-se apenas os olhos, e por trás de uns óculos (de visão).

Não reparei o momento do embarque. Será que a obrigaram a tirar o véu para conferir a foto do BI? Ou será que nem verificaram se era um homem? Bem faz o Sarkozy em travar este tipo de "liberdade".
A bordo estava de cara tapada, e ao sair do avião Barajas também.
Será que ao fazer o check-in também mostrou a cara?
Será que no raio X é apalpada como as portuguesas se apitar alguma coisa? Uma vez ouvi dizer sobre a segurança na aviação, por peritos: "nem todos os
muçulmanos são terroristas, mas os…