Modelos de negócio local

A índia parece ser uma terra de grande empreendorismo comercial, mas sem grande visão, organização ou ambição. Os indianos estão sempre a tentar vendar alguma coisa, e a quantidade de lojitas é impressionante. A maior parte tem 20m2, máximo, seja de venda de tlms, um bar, de reparação de carros, de pneus, de mobília, de mármore, artesanato, minimercado, loja de roupa etc. Muitas delas são representantes de grandes marcas como a Vodafone e a DHL. Tudo muito mexido e com vendedores cheios de entusiasmo e boa disposição.

Alguns negócios são muito populares como os “stationary and Xerox” ou vendem matéria de escritório e fazem fotocópias. Papel parece ser caro aqui, porque quando nos dão uma indicação escrita, rasgam sempre um papelito minúsculo para rabiscar alguma coisa.
Telemóveis abundam, toda a gente parece ter um e há várias operadores (Tata, Airnet, Loop e Vodafone) com muitas lojas e forte campanha de marketing. A rede parece ser boa em geral. O tema dos call-centres de Bangaloroo que dá uma imagem de grande avanço tecnológico não se parece estender a Mumbai. Não se vê nada de computadores á venda, nem mesmo modelos antigos ás peças. Talvez possamos mandar o Magalhães para cá.

Comments

The Best Alltime Posts

Jacques Cousteau - Episódio Negro no Tejo

Sacadura Cabral...faz hoje 28 anos..

Abu Nidal em Portugal