Esses não são Portugueses


Ler o jornal O Jogo enoja-me pela sua falácia barata sobre o FCP, aliada a pouco ténues separatismos da zona Norte. Mas é um jornal de futebol (nem digo desportivo) feito para povo inculto e adepto do dos dragões, vende por ser assim.

Infelizmente não é só neste pasquim, que alguma mente deformada na TAP achava por bem distribuir a bordo até há bem pouco tempo, que se lê o lixo do binómio FCPxNorte-Separatista.

O Miguel Sousa Tavares é uma pessoa culta que tem até livros publicados com alguma qualidade. Mas é uma pessoa doente no que toca ao FCP. Aparenta argumentar a favor do clube mas as suas afirmções são muito falaciosas e pecam por omissão de factos bastante contraditórios. Há dias alguem, numa crónica n'O Público, criticava o facto de o Scolari o ter mandado pastar na história das não convocatórias do FCP. Estes falsos patriotas que põem o clube acima do País são deprimentes. Lembro-me de um jogo que o Costinha e Deco (na altura no FCP) jogaram 90m e foi um escarcéu porque o Scolari atentou contra a integridade física deles, estando cansados demais para um jogo completo. Num momento choram por jogar menos, noutro por jogar demais. Bom mesmo, era o Adriaanse a acumular cargo de selecionador com treinador do FCP, e com ordem de usar o Baía.

Mas do MST, pouco se pode tomar como sério. Leia-se os livros e oiça-se o ror de opiniões para diversão. As opiniões dele sobre a Madeira são baseadas nos maiores preconceitos errados que tenho visto sair da boca de alguém na TV.

Eis agora que leio uns ditos do Júlio Magalhães, cronista no Record. Para quem não sabe, este senhor da TV foi jogador de basket junior do FCP, tendo marcado uma vez 100 pontos num jogo.

Que dizia ele?
- que sempre disse, dos tempos do FCP que o Deco era o melhor jogador do Mundo, e que hoje é o melhor do Barcelona, coomparando-se de modo positivo com o Ronaldinho.

Lamento, amigo Júlio, mas isso simplesmente não é verdade. O Deco é bom sem dúvida, mas o Ronaldinho (e outros mais) é um mago da bola. Acorda, que o FCP não é assim tão grande.


- Afirma que ainda acha o Scolari um erro, e que mal Portugal perca veremos que tem razão. E quem em Portugal haveria melhor.
Esta só pode ser para tentar vender um sketch para o Gato Fedorento. Só pode. A crónica foi escrita ontem, e neste momento já estamos nos 1/4s de final, segunda melhor prestação de sempre nos mundiais. Se passarmos, contra a não demasiado temível Inglaterra, igualamos o feito de 66, e seria uma grande alegria para todos nós.
Portanto o fracasso do Scolari resume-se a ser finalista num Europeu e chegar aos quartos de final num Mundial. Os treinadores com vestígios de Azul-e-branco o que conseguiram?
- António Oliveira - quartos de final euro 96, vergonha mundial 2002
- Artur Jorge - não qualificação euro 92, não qualifação mundial 94

Quem seriam as outras vedetas?
- Carlos Queirós - não qualificação mundial de 98
- Octávio Machado - nem treina
- Peseiro - tão que anda nas Arábias
- Humberto Coelho - Semi-finalista Euro 2000, mas nem treina sequer...
- José Couceiro, Cajuda, Mário Reis, Jesualdo, Fernando Santos, nem perco tempo.

O Scolari tem sido uma escolha monumental, não necessáriamente pela qualidade táctica.
Mas sim por defender o grupo e as suas escolhas, por não aceitar que o caciquismo dentro da FPF funcione e por mandar o PC e as suas tentativas de protagonismo, dar uma volta.

Um exemplo para este País, mesmo com o monte de abutres que andam loucos para que Portugal seja eleminado e possam criticar.
Esses não são Portugueses.

Comments

luisagouveia said…
Tentei ler Miguel Sousa Tavares...mas desisti...não sei se foi por preconceito contra as suas bacoradas...ou se foi mesmo porque não tinha paxorra para ler o Equador...

The Best Alltime Posts

Jacques Cousteau - Episódio Negro no Tejo

Sacadura Cabral...faz hoje 28 anos..

Abu Nidal em Portugal