Veneza, contrastes...

Veneza tem turismo de época alta o ano todo. Mesmo nesta altura está lá bom tempo. A parte de mar, que é o que interessa ao turista, é um conhecidissmo aglomerado de ilhotas e canais cheios de arquitectura e história.




Na Itália vêm-se muitos pretos na rua a vender malas Louis Vuitton falsificadas. São negros como breu e devem ser das ex-colónias italianas como a Etiópia.
Existem cartazes a avisar de multas pelo estímulo do comércio da falsificações, apelando para a defesa as criancinhas asiáticas que fazem as malas durante 20h por dia, através da não compra dos artigos por parte dos turistas.
Como se isso não bastasse avisam que quem for apanhado a comprar será alvo de uma coima de 10000€ (DEZ MIL EUROS). Acho que me ria se viessem os Carabinieri ou outros me cobrar esse valor.


Algo de me diz que o lobby da moda tá por trás disto :)
O mais incrível é que os vendilhões por vezes estendiam a toalha com as malas ao lado dos cartazes. Logo medida só para assustar.

A parte continental de Veneza não possui encanto algum. É mais fácil encontrar lá restaurantes chineses e Kebab-Shops que pizzarias.

O aeroporto Marco Polo (não podia deixar de ser) é pequeno mas tem 2 pistas paralelas e vi lá B767 da Delta a aterrar. Incrível é como a Itália consegue mesmo ser um IIIº Mundo em certas coisas.A fila (em 2 corredores) para o Raio-X saia fora do terminal e dava a volta. Isso quer dizer que tinha uns 30 metros.



Fiz o check-in 45m antes da hora de partida. Meti-me na fila para o RaioX, a ler um livro sobre o Abu Nidal. Passei a porta do terminal 15 minutos depois. 15 minutos depois, a outros tantos da hora de saida, estava a chegar a 5 metros do raioX...mas começava ai uma fila em ziguezague. 5 minutos depois nem uma volta tinha dado. em sitauções assim noutros aeroportos costumam deixar passar os paxs dos voos mais urgentes. Ali..nada. como não tinha bagagem de porão, é claro que o avião descolava sem mim. Vejo uma cara conhecida do check-in, a 10 minutos já da saida e decidimos saltar aquela porcaria toda e passar a frente de toda a gente. Levamos a ideia em frente com sucesso, apesar das bocas dos italianos. Pedi desculpas aos primeiros mas mandei pastar os restantes.

No RaioX uma lentidão dos pachorrentos esparguetes, tive de tirar o cinto das calças. Chego á porta de embarque (assistida pela Servisair e Air France, que mistura) e claro que o embarque atrasou porque havia mais pessoal preso nas filas intermináveis.

Fulo da vida, pergunto á técnica de tráfego se havia alguma greve de zelo do pessoal de segurança (já eu escaldado do que sofri na França). A resposta foi:
"Ah não aos domingos é sempre assim, não há greve nenhuma".
Só podemos imaginar os atrasos e fortunas perdidas por não terem mais um par de funcionários, ou mesmo funcionários mais competentes e menos preguiçosos.

Sem mais comentários...

Comments

The Best Alltime Posts

Jacques Cousteau - Episódio Negro no Tejo

Sacadura Cabral...faz hoje 28 anos..

Abu Nidal em Portugal