Aeroporto de Frankfurt - Moderno ou buraco de segurança?

Estive ontem em Frankfurt e constatei três pontos de nível de segurança que me deixaram boaquiaberto.

Ia a fazer o raio-X e noto um casal cinquentão bem vestido com 2 garrafas de whisky e uma de vodka (de litro) dentro de sacos de plástico, a chegar ao posto de segurança. Penso para com os meus botões "Mais uns espertalhões que vão dar borga grátis aos seguranças". Para meu espanto, vejo-os passar incólumes com os pertences.

Passo eu pelo detector de metais, e lívido de ver aquela aberração, vou ter com dois polícias e pergunto se as normas não são frascos até 100 ml e num total de 1l. Respondem que sim que posso trazer 10 x 100ml de álcool. Pergunto se é possível trazer garrafas litro, dizem-me que sim desde que compradas no free-shop depois da segurança.
"E então de fora?
"ah, isso não".

Aponto para os sacos de whisky e vodka dos tais paxs, que estavam a sair do tapete deles. Meio engasgado com um "ahhh..yes.." lá foi um dos polícias arrebatou um saco com uma litrosa de vodka ao pax e trouxe-a até mim.
"Veja, dentro de um saco não tem problema" (saco de plástico de "carne")
"Mais isso não tem 100ml, tem 1l !"
"ahhh, mas pode pode"
Pouco convencido tive a minha atenção chamada porque a minha mala saia do raio-X e pediam-me para abri-la. Tinha os cosméticos dentro de um saco mas deixei dentro do bobi, a ver se andavam atentos (e andavam).
Ainda com aquela sensação de embuste, visto haver cartazes no aeroporto a avisar "Atenção que se pode comprar bebidas no duty free", inisti com a funcionária para que me explicasse aquele episódio.
Após lá admitir que as garrafas atrás eram de um litro, confirmou-me que não havia mal nehum por causa do saco.
"como assim?", perguntei.
"ah o saco vem selado pelo duty free"
"qual duty free? o saco vem da rua sabe lá donde veio"
"ah são sacos próprios porque há pax que vêm de outros países fora do espaço europeu e trazem as suas coisas".
Nem discuti mais..o acesso até ali é o das partidas, de quem vem da rua..

Outra coisa incrível é poder-se aceder á zona da recolha de bagagem vindos da rua! Sai no terminal 1 (da Lufthansa) e reparei que passei pelos balcões de check-in antes de passar pela recolha de bagagem.Fui alugar um carro, e quando lá cheguei apercebi-me que tinha deixado uns pertences no avião. Vou á procura do lost&found, pelas partidas, e consegui descer na boa á zona de recolha, donde voltei a sair sem qualquer controle que não fossem os da Alfândega a olhar. Não existe qualquer controle humano ou automático, a única restrição é que não se pode voltar atrás pelo mesmo camingo. É perfeitamente possível vir da rua e sair pela recolha de bagagens com uma mala na mão. E também é possível evitar qualquer alfândega, desde que não se tenha bagagem, em voos Schenghen (na Madeira já me interpelaram 2 vezes no espaço de um ano).

Ao embarcar, na porta 22, avisam que se pode fazer o embarque no balcão automático. De facto havia duas entradas para o avião, uma com uma funcionária a meter os bilhetes na máquina (como em Lisboa) e outra com torniquete em que se metia o cartão de embarque e passava-se sem mostrar qualquer identificação (nem biometrias, nem nada), como no metro.

Face a tudio isto, ou o aeroporto de Frankfurt está á frente de todos em termos de segurança (porque bandalheira não parece ser o termo mnais correcto para descrever aquele magnifico mundo da aviação), ou é de facto uma peneira de segurança.

Comments

cosméticos...
temos metrossexual
Sérgio said…
fdx primeiro dizes, e com toda a razao, que estas cenas todas com os liquidos sao completamente ridiculas e de seguida armas-te em xibo/deltaor/queixinhas e vais desgraçar os velhos que so queriam levar a sua pinga...

GANDA CROMO! :-D

The Best Alltime Posts

Jacques Cousteau - Episódio Negro no Tejo

Sacadura Cabral...faz hoje 28 anos..

Abu Nidal em Portugal