Mais um voo aventura

Ia apanhar o TP1685 LIS-FNC das 21h20. No check-in atraso para as 22h40. Vejo então um especial TP3621 a sair pelas 21h40. Faço nova reserva de refeição, checo-me neste e peço para anular o outro.

Entretanto o embarque deste novo voo já tinha atrasado 10 minutos no placard.

O embarque (eram 70 lugares vagos, meia casa de um A319) começou um pouco mais tarde mas entrei no avião pelas 21h50. Era o A319 CS-TTM.

Ao fim de um belo quarto de hora aparece um bus com mais pax, possivelmente até de ligação.

Depois é que as coisas começam a ficar esquisitas. Aparece uma TT da Groundforce a bordo com uma lista de pax a conferir todos os cartões de embarque. Perguntei se estávamos á espera de pax de ligação, ela disse que não.

2 minutos depois aparece outra e pede-me o cartão outra vez. "outra vez? Então a sua colega - 2 metros á frente desta - acabou de o ver.". Pediu desculpa, mostrando uma total descoordenação.

Vejo grandes conversas entre as TTs e paxs por causa dos cartões.

A demora continua e fiquei curioso para saber se foi pax que não compareceu ao embarque. Estava no 5A e não conseguia ver a porta do porão. Em qualquer caso o cte não referiu o facto.

Pela 3a ou 4a vez irrompe pela cabine um TT, desta vez com um da carga (com colete). Mais conversas com pax e com PNCs.

Sem vir mais nenhuma pax (pelo menos pela porta de frente) lá fizemos push-back ás 22h40 (a hora de saida do voo que mudei) e descolagem na 03 ás 22h45.

Desta vez não ouvi qualquer "razão de ordem operacional", "motivos de ordem técnica" ou "chegada tardia da aeronave".

O Cte, possivelmente por coincidência divina, chamava-se Inocente.

Comments

The Best Alltime Posts

Jacques Cousteau - Episódio Negro no Tejo

Sacadura Cabral...faz hoje 28 anos..

Abu Nidal em Portugal